Defesa Civil afirma que não há previsão de fortes chuvas para a região do Vale do Juruá durante todo mês de agosto.

Rio Juruá marcou 4,75 metros na manhã deste sábado (1º) em Cruzeiro do Sul Glédisson Albano/Rede Amazônica Acre Sem chuvas significativas há mais de 20 dias, o Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, atingiu 4,75 metros neste sábado (1º).

Segundo a Defesa Civil Municipal, não há previsões de fortes chuvas para região do Vale do Juruá durante o mês de agosto.

Com isso, a navegação começa sentir o impacto do baixo nível do manancial.

A coordenação da Defesa Civil afirmou que não há relatos de acidentes e que acompanha a situação.

“Estamos monitorando.

Está ruim para navegação porque tem algumas partes no rio que são mais rasas e fica difícil.

Mas, ainda não estamos na nossa cota de alerta máximo, que é de 2 metros”, confirmou o coordenado do órgão, José Lima.

Previsões alertam para a falta de chuva durante agosto para a região Glédisson Albano/Rede Amazônica Acre Ainda segundo o coordenador, as previsões do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) alertam que não haverá chuvas significativas em todo mês de agosto na região.

Com esse alerta, a Defesa Civil já se organiza para colocar o plano de contingência em ação.

“Precisamos chegar na cota de alerta mínima para traçar o plano de contingência na estiagem.

Mas, só colocamos em ação quando chegamos pelo menos a 2,30 metros.

O Rio Juruá não desce tão rápido quando chega na cota de 3 metros, vai descendo muito lentamente”, destacou.