Cidade está entre as que avançaram para fase laranja do Plano SP e podem reabrir com restrições.

Para prefeito, fase vermelha ajudou a diminuir velocidade do crescimento da doença.

A cidade de Rio Claro Arquivo EPTV Rio Claro (SP) confirmou a 47ª morte por Covid-19, de uma idosa que estava hospitalizada.

O boletim divulgado na sexta-feira (10) confirma ainda mais 22 casos em 24 horas, chegando ao total de 1.531 casos da doença. A cidade está entre as que evoluíram para fase laranja do Plano SP e podem reabrir com restrições, mas o prefeito João Teixeira Junior (DEM), o Juninho da Padaria, disse que a decisão sobre a reabertura deverá ser tomada durante o fim de semana, em reuniões do comitê responsável pela contingência da doença.

O anúncio será feito na segunda-feira (13). Positivado para Covid-19 e ainda de quarentena, o prefeito fez um pronunciamento da sua casa, afirmando que as restrições mais rígidas da fase vermelha foram positivas para a evolução da Covid-19 na cidade.

Segundo o prefeito, entre 31 de maio a 22 de junho, quando a cidade estava na fase laranja, a doença teve aumento de 454% no número de casos, 295% no número de pessoas internadas e 92% de óbitos. Após o estabelecimento da fase vermelha, a doença continuou a crescer, mas em ritmo menor.

Segundo Juninho, entre 25 de junho a 9 de julho, o aumento foi de casos foi de 120%, o número de pessoas internadas no período cresceu apenas 7,4% e houve um aumento de 48,4% no número de óbitos.

“Voltar par a fase vermelha foi muito importante e continua sendo importante”, afirmou.

Erros e acertos no uso da máscara de proteção contra o coronavírus Arte/G1 Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.