Prazo terminava na terça-feira (30); Produtores poderão vacinar animais até o dia 31 de julho.

Prazo da vacina contra a febre aftosa é prorrogado, na Paraíba Marcos Vicentti/Secom O prazo da vacina contra a febre aftosa foi prorrogado para o dia 31 de julho, na Paraíba.

A meta do governo do Estado é que mais de 90% do rebanho paraibano seja imunizado. De acordo com o governo, os criadores terão até o dia 31 de julho para comprar as vacinas contra a doença em farmácias autorizadas e vacinarem seus rebanhos.

A comprovação da vacinação pelo produtor rural poderá ser feita até o dia 31 de agosto.

A extensão do prazo para vacinação foi aceita pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e atende a um pleito de representantes dos produtores rurais dos estados da Paraíba, Maranhão e Piauí e do Fórum Nacional dos Executores de Sanidade Agropecuária (Fonesa) Nordeste, em virtude da pandemia do coronavírus.

A Paraíba tem o status de área livre da febre aftosa com vacina e, caso atinja a meta de imunização este ano, pretende pleitear o status de área livre de febre aftosa sem vacinação em 2021. Atualmente o rebanho paraibano é composto por 1.285.952 bovinos e 1.976 bubalinos, de acordo com dados da Gerência de Defesa Agropecuária do Estado (Geda).