O médico George Abílio Diniz, com forte atuação profissional em Patos e cidades do Vale do Piancó, reafirma, contundentemente, que sua pré-candidatura a prefeito de Diamante, sua terra natal, é irredutível, e, neste sentido, de forma silenciosa e criteriosa, vem construindo sua base, na medida que está conversando com o povo e seus amigos.

“Como cidadão filho de Diamante, não escondo o desejo de governar nossa terra natal. Somos conhecer dos seus problemas e, principalmente, das carências de nosso povo, que há décadas, sofre por falta de um tratamento mais humanizado. Como profissional de saúde tenho dado à assistência necessária aos meus conterrâneos quando sou procurado; jamais, como médico, deixei de atender e dá total assistência aos meus pacientes, em especial, aos filhos de nossa terra, meus conterrâneos. Humildemente, coloco-me à disposição do eleitorado diamantense para o julgamento popular, que de forma democrática e independente, escolherá ainda neste ano seu futuro gestor, bem como nossos representantes no legislativo”, disse George Abílio.

De acordo com George Abílio sua pré-candidatura representa para Diamante como o esteio de novas práticas de gestão, que ainda não nasceu, ao mesmo tempo que será um espectro político aglutinador de diversas correntes e pensamentos dos mais variados segmentos da sociedade diamantense, desde àquele cidadão que reside no município, bem como àqueles que morando em outras localidades do nosso estado e do país, mas que se preocupam com o bem estar de nosso povo e o desenvolvimento de Diamante, completa.

O pré-candidato acredita que muita coisa ainda vai acontecer até o dia da eleição: “muitas surpresas estão por vir, na certeza de que vamos desenvolver um trabalho forte, democrático e participativo. Queremos ouvir a população, saber dos seus anseios e necessidades para, juntos, construirmos um projeto coletivo, o qual seja consolidado à partir do diálogo com as bases, representada pelo povo, pelo cidadão comum e simples de minha terra, numa perspectiva de reposicionar a governança em nosso município com responsabilidade e transparência”, completa Abílio.

De tradicional família política do município de Diamante, George Abílio externa com orgulho alguns dos seus parentes que já governaram o município, como o primeiro prefeito eleito, seu tio Argemiro Abílio de Sousa, pai do ex-deputado federal Armando Abílio; ainda de outro tio, José Abílio de Sousa, pai do ex-vereador Humberto Abílio Mangueira; do também seu tio, Crisanto Abílio de Sousa, pai dos ex-vereadores Crisanto Abílio Filho e Socorro Abílio Figueiredo, que foi vice-prefeito do então prefeito Dionísio Mangueira Diniz, na década de 70.

Outro parente do pré-candidato que já assumiu o Poder Executivo na região do Vale do Piancó, foi o agropecuarista Abraão de Sousa Diniz, que politicamente ligado ao ex-deputado Praxedes Pitanga o ajudou a eleger-se prefeito de Itaporanga em 1955, permanecendo no cargo até 1959, tendo como seu vice-prefeito Flávio Cavalcante Arruda.

Em sua trajetória política, o médico George Abílio Diniz tem em seu currículo sua passagem pelo Poder Executivo de Diamante na condição de vice-prefeito, quando seu tio Hermes Mangueira Diniz assumiu o comando do município em seu segundo mandato. Por duas vezes, George Abílio disputou as eleições na condição de candidato a prefeito, mas nunca logrou êxito.

Da redação

Deixe seu Comentário